Vacina contra Covid: 21,4% dos itaunenses já tomaram primeira dose!

Por Publicado em:04/06/2021 | Atualizado em:29/11/-0001 86

Assessoria da Prefeitura informou que até o dia 1º de junho, 20.092 itaunenses já receberam a primeira dose do imunizante. Com as duas doses são 9.066 pessoas.

A Prefeitura divulgou um novo “vacinômetro”, informando que 20.092 itaunenses já receberam a primeira dose do imunizante contra a Covid, representando 21.4% da população total. Que já receberam as duas doses da vacina são 9.066 pessoas, ou seja, 9.6% da população. É preciso, para se ter uma proteção coletiva contra o vírus, que pelo menos 75% da população tenha recebido as duas doses da vacina.

A Prefeitura também informa os prazos que devem ser observados entre a primeira e a segunda doses de cada imunizante, dos três tipos que estão sendo utilizados, até agora, na vacinação dos itaunenses:

Quem recebe a vacina Coronavac, deve observar um prazo de 28 dias entre a primeira e a segunda doses. Já as pessoas que estão sendo imunizadas com as vacinas Astrazeneca/Oxford e Pfizer/Biontec, têm que aguardar três meses (90 dias) para receber a segunda dose, após receber a primeira.

Assim, confira a data no seu cartão de vacinas, em que recebeu a primeira dose e, próximo de completar o prazo, acesse o site da Prefeitura (www.itauna.mg.br) e confira o local e data para receber a segunda dose. Em dúvida, procure informações na unidade de saúde mais próxima de sua casa.     

 

Quem já teve Covid também deve se vacinar!

É o que determinam as autoridades sanitárias do País. Mesmo se você já teve Covid, procure receber as suas doses da vacina, respeitando o prazo mínimo de 4 semanas a contar a partir dos primeiros sintomas de manifestação da Covid.

Sobre a polêmica que algumas pessoas têm alimentado, de que “quem já teve Covid está imunizado”, os estudiosos afirmam que “nenhum estudo, sério, no mundo, afirma isto. São apenas opiniões e a ciência não vive de opiniões, mas de fatos concretos, levantados em estudos sérios”. Assim, mesmo que você tenha se contaminado, aguarde 30 dias após a contaminação e vacine-se.

“Não sabemos muito sobre a qualidade da proteção de quem teve a doença, muito menos sobre a sua duração. Além do mais, tem muita gente que teve a covid-19 e que nunca soube disso, porque foi assintomático, e que irá tomar a vacina de boa. Não existe problema algum nisso", conforme explicou, falando à imprensa, a  infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo, e consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia, Rosana Richtmann.

Outra garantia que dão os estudiosos é que, mesmo que você tenha anticorpos e não precise mais – o que não é garantido por cientistas – não há problema algum você vacinar.

Nenhuma das vacinas aprovadas pela Anvisa, para serem utilizadas no Brasil, causam qualquer problema para quem já teve a doença. Pelo contrário, garantem a imunização e previnem contra a doença. Aliás, reafirmam os estudiosos, a única medida preventiva existente contra a Covid é a vacina.

 

Compartilhe esta notícia