Doação - Entidades empresariais apoiam campanha “Fluxo Solidário”

Por Publicado em:29/07/2021 | Atualizado em:29/11/-0001 111

Os colaboradores das entidades ACE e CDL e da cooperativa de crédito Sicoob Centro-Oeste, em apoio à campanha organizada pelo gabinete da vereadora Edênia Alcântara, entregaram a doação de 6.752 absorventes íntimos aos organizadores da ação. A campanha “Fluxo Solidário”, que recolheu doações de absorventes até o último dia 21 de julho, em vários pontos da cidade, teve como objetivo “destacar a importância da ‘pobreza menstrual’ e a estigmatização da menstrução, falando abertamente sobre o ciclo menstrual e as dificuldades enfrentadas pelas meninas e mulheres”, como informou a divulgação do evento.
A vereadora Edênia Alcântra, ao participar do evento de entrega das doações, afirmou que esses absorventes serão destinados para mulheres de baixa renda, com vulnerabilidade social, cadastradas no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social); e que, mesmo sendo um item tão simples, há um impacto enorme na vida das mulheres, principalmente com a pandemia, que afetou ainda mais a vida econômica de muitas pessoas. Os organizadores da campanha destacaram ainda que o movimento segue no sentido de “incentivar as pessoas a terem um olhar mais humano diante dessas mulheres que muitas vezes têm por escolha, comprar alimentos para sua casa, do que itens para sua própria higiene pessoal”.
Ao participar da entrega dos itens arrecadados, Rogério Diniz, diretor da Sicoob Centro-Oeste, disse que, “como a Sicoob Centro-Oeste é uma cooperativa de crédito, não um banco, a cooperativa é corresponsável onde ela se encontra inserida, sendo dever gerar emprego, gerar renda e fazer um trabalho social com resultado positivo e ter um comprometimento com a sociedade e com aqueles que mais precisam. Foi feita uma mobilização dos funcionários que sensibilizaram e entenderam a situação e fizeram a doação.”.
Já Mary Moreno, diretora financeira da CDL Itaúna, que também participou da ação doando absorventes, parabenizou Edênia pelo projeto e disse que nunca imaginou que houvesse uma falta tão grande deste item comum, que é vendido diariamente nas farmácias. Disse também que esta “é uma campanha que não deve ter fim, devido à situação econômica da população ter se agravado ainda mais”. Também compareceram ao evento Afonso Henrique, presidente da ACE Itaúna e vice-presidente da CDL Itaúna, Marciliano Coelho, psicólogo e gestor de Recursos Humanos das entidades, equipe de comunicação das entidades e a equipe da vereadora Edênia Alcântara.

Compartilhe esta notícia