Retorno - Prefeitura divulga calendário da retomada das aulas

Por Publicado em:30/07/2021 | Atualizado em:29/11/-0001 75

Professores definiram por “greve sanitária” a partir de segunda-feira, dia 2, e por tempo indeterminado

A Prefeitura de Itaúna divulgou cronograma de retorno às aulas presenciais no município a partir do dia 5 de agosto, quinta-feira da próxima semana. Ao informar a retomada, explicou que serão obedecidos os protocolos de combate à Covid-19 e destacou que, “conforme divulgado anteriormente, os estabelecimentos de ensino públicos e privados de Itaúna estão autorizados a retomarem suas atividades presenciais, desde que sejam cumpridas as diretrizes do Decreto 7.473, disponível no Jornal Oficial - Edição 1869”. Nesse decreto são estabelecidas normas a serem cumpridas pelas escolas para que as aulas presenciais sejam retomadas.
Em seguida, informa ainda que “a partir da quinta-feira, 5 de agosto, terão início as atividades escolares municipais – com a participação dos estudantes nas aulas presencias em forma de revezamento. Assim, a partir de 2 de agosto, cada instituição escolar informará às famílias de seus respectivos alunos quais grupos de estudantes frequentarão a escola em cada dia da semana”. O cronograma divulgado estabelece que, no dia 5, podem retornar os alunos da Educação Infantil/Pré-escola (1º e 2º períodos). Já no dia 19 de agosto, o retorno deverá acontecer para alunos da Educação Infantil/Creche (Maternal II e III); e no dia 23 de agosto, Educação Infantil/Creche (Berçário I e II).
Para os alunos do Ensino Fundamental Anos Iniciais (1º e 3º anos), a data prevista para a retomada é também no dia 23 de agosto. Os alunos do Ensino Fundamental Anos Iniciais (2º, 4º e 5º anos) devem retornar a partir do dia 30 de agosto, mesma data estabelecida para os alunos do Ensino Fundamental Anos Finais (6º e 9º anos) e alunos do EJA (Educação de Jovens e Adultos). Finalmente, no dia 31 de agosto, o cronograma prevê o retorno dos alunos do Ensino Fundamental Anos Finais (7º e 8º anos).

Greve sanitária a partir do dia 2

Com o aviso feito pelo Governo do Estado sobre a retomada das aulas presenciais, o Sind-UTE decidiu por realizar uma greve sanitária já a partir da segunda-feira, dia 2 de agosto, e por tempo indeterminado. Em contato com a reportagem da FOLHA a representação local do sindicato informou que “o Sind-UTE (Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais) realizou um Conselho Geral com a categoria, e deliberou pela realização de Greve Sanitária por tempo indeterminado a partir do dia 02/08/2021. O Sindicato destaca que a Greve Sanitária por tempo indeterminado será realizada nas regiões onde houver a convocação presencial, mas, o ensino remoto continuará a ser prestado aos estudantes. A greve também se aplica nas Superintendências Regionais (SRE’s) e Órgão Central, com a manutenção do trabalho remoto”.
A coordenadora-geral do Sind-UTE em Minas, Denise Romano, falando sobre o movimento, afirmou que as escolas não têm segurança sanitária para aulas presenciais e os trabalhadores da educação não concluíram o ciclo da imunização (com a segunda dose) e ainda não há um calendário de vacinação para crianças e adolescentes. E concluiu: “essa greve sanitária se faz necessária para defender a vida da categoria, dos estudantes e das comunidades escolares’’.

Compartilhe esta notícia