ONDE ESTÃO AS PEÇAS DO MUSEU DE ITAÚNA?

Por Publicado em:20/04/2022 | Atualizado em:29/11/-0001 372

Local é dividido em duas partes: um bar e uma sala de exposição de fotos

Em 18 de setembro de 1992, foi inaugurado o Museu Municipal “Francisco Manoel Franco”, em um prédio situado às margens da linha férrea, na Avenida Dona Cota (Praça da Estação). Conforme a descrição do museu, ele tem por objetivo “resgatar a memória da cidade, bem como preservar e divulgar a cultura itaunense”, como é anunciado na internet. Era um prédio dividido em dois salões, onde várias peças que registram a história itaunense ficavam expostas. Vestimentas do Reinado, aparelhos de odontologia do início da história do curso na universidade, registros de documentos, peças de fazendas antigas e até um presépio, construído pelo italiano radicado em Itaúna Humberto Salera. Hoje, após reformado pela administração, em um salão está um bar, diga-se, bem montado. No outro, uma exposição de foto que conta a história do teatro em Itaúna, um trabalho do teatrólogo Marco Antônio Machado. Não fosse isso, poderíamos dizer que o lugar mais parece um arremedo da “Kombi do Oswaldo”, falecido fotógrafo itaunense, que expunha suas fotografias (muitas não procuradas) em seu veículo, à espera de que o fotografado viesse adquiri-la, mas que, com certeza, agradava muito mais à curiosidade dos itaunenses. Lembrando que o espaço para exposições do tipo seria a Galeria “Ahmès de Paula Machado”, instalada no Espaço Cultural “Adelino Quadros”. Após uma rápida visita ao Museu, fica a pergunta: onde estão as peças de grande valor histórico que lá ficavam expostas? O itaunense, real proprietário daquele acervo, tem o direito de saber. Ou acham que não?

Compartilhe esta notícia