Atualizado: morte de motoqueiro na rodovia foi devido a manifestação de 7 de Setembro

Por Publicado em:08/09/2021 | Atualizado em:29/11/-0001 203
Atualizado: morte de motoqueiro na rodovia foi devido a manifestação de 7 de Setembro Reprodução/Redes sociais

Homem de 44 anos morreu ao bater com sua moto em uma carreta que parou na pista porque, segundo o motorista, ele se assustou com manifestação no local.

Em atendimento à solicitação da reportagem da FOLHA a PMRv encaminhou informações sobre a ocorrência que culminou com a morte de um homem, na manhã de 7 de Setembro, na rodovia MG-050, altura do km 86, próximo a uma passarela que dá acesso aos bairros da região do Jadir Marinho.

Conforme o registro policial, o caso foi registrado às 8 horas e a causa presumida foi registrada como  “*outros – parar sobre a pista de rolamento”.

Conforme narra a ocorrência, o motorista da carreta envolvida no acidente afirmou que seguia pela rodovia, na faixa da direita quando, na altura do km 86, “deparou com uma carreta estacionada sobre a pista de rolamento na faixa da direita e com manifestantes sobre a pista, pedindo para parar seu veículo devido à manifestação de 7 de setembro”.

Afirmou ainda que parou o veículo, momento em que E.M.D., de 44 anos, que seguia no mesmo sentido, atrás da carreta, em uma motocicleta, não conseguiu parar seu veículo a tempo, chocando-se contra a carroceria da carreta.

O motoqueiro ainda foi atendido mas não suportou os ferimentos, morrendo em seguida.

Ainda conforme a polícia, “no local, estavam somente quatro a cinco caminhões e os motoristas alegam que estavam parados no acostamento, para definir onde fariam uma carreata”.

Após o ocorrido, os motoristas que estavam participando do início de manifestação “preferiram se deslocar para outro ponto de manifestações no centro de Itaúna”. No local houve interdição de parte da pista, para os trabalhos de perícia e conclusão da ocorrência.

O motociclista morto, Éder M. Debique, morava no Bairro Leonane, em Itaúna, deixa esposa e um casal de filhos.

Compartilhe esta notícia