SEGURANÇA PÚBLICA - Reunião do Consepi e Aspi debate necessidade da APAC Juvenil

Por Publicado em:08/11/2019 | Atualizado em:08/11/2019 174

Visita à unidade de Frutal possibilitou observação para mudanças no projeto itaunense

Em reunião conjunta das entidades CONSEPI – Conselho de Segurança Pública de Itaúna e ASPI – Associação de Segurança Pública de Itaúna, foi debatido uma visita feita à construção de uma unidade da APAC Juvenil em Frutal, que serviu de embasamento para encaminhamento da unidade itaunense. Conforme os participantes da visita à cidade do Sudeste Mineiro, a obra daquela cidade custou cerca de R$ 780 mil e terá capacidade para 60 menores. As observações feitas pelos itaunenses na unidade de Frutal serviram para uma reavaliação do que está sendo encaminhado em Itaúna, visando melhorar o projeto em execução.

Sobre as necessidades de Itaúna, foi destacado que a cidade tem uma demanda pequena para abrigar menores, mas que é urgente e necessária a conclusão da APAC Juvenil de Itaúna. Vários esforços estão sendo realizados para o andamento da obra, mas a falta de recursos é um grande entrave. A questão da necessidade de construção imediata do muro foi levantada na reunião.

Participaram do encontro o sargento Júlio César Caetano Ferreira, representando o Corpo de Bombeiros Militar; Afonso Henrique da Silva Lima, em nome do CDE/ACE de Itaúna; Marco Aurélio Máximo Dutra pela PMMG; Jardel Magalhães Pereira, representante do deputado Gustavo Mitre; Marcílio de Assis da entidade Mães e Filhos; Willian de Faria Alves, do Tiro de Guerra; Hudson Bernardes, da Câmara Municipal; Júlio César do Prado, da Fundação Granja Escola São José; Edireno Lopes, da APAC Juvenil de Itaúna; e Adelmo Queiroz, juiz, representando o Judiciário. Coordenaram o encontro Wellington José Borges, presidente do Consepi, e Rômulo Vinícius Ferreira, presidente da Aspi.

Última modificação em Sexta, 08 Novembro 2019 16:25

Compartilhe esta notícia