HOSPITAL - Médicos ameaçam paralisar Plantão 24H

Por Publicado em:10/01/2020 | Atualizado em:10/01/2020 133

Apenas casos graves, incluídos na codificação “Amarelo”, “Laranja” e “Vermelho”, do Protocolo de Manchester, serão atendidos no Plantão 24 Horas, a partir do dia 10 de fevereiro. Isto é o que foi colocado em correspondência assinada pelos médicos coordenadores dos serviços do Plantão, encaminhada à direção do Hospital, à Secretaria de Saúde e ao Ministério Público, nesta sexta-feira, dia 10 de janeiro.

A reclamação dos médicos é o constante atraso no pagamento dos plantões, citando atrasos desde outubro passado, na correspondência enviada. Assina, o documento os médicos Guilherme Magno Coelho, coordenação médica; Mateus Nunes Drumond, coordenação de cirurgias; Carlos Eugênio Silva Martins, coordenação ortopedia; Caroline Fernandes Melo, coordenação da neurologia; e Vinícius Bicalho Rodrigues, diretor clínico do Hospital.

A decisão dos médicos pode dar suporte à medida de intervenção, já comentada pelo prefeito em ocasião anterior, com a Prefeitura reassumindo o Plantão 24 Horas. A direção do hospital ainda não havia se manifestado sobre o caso até o fechamento desta edição.

Última modificação em Sexta, 10 Janeiro 2020 19:28

Compartilhe esta notícia