Mais 28 casos confirmados e a população continua como se a pandemia tivesse acabado

Por Publicado em:15/09/2020 | Atualizado em:17/09/2020 140


Hospital mantém total de 14 pessoas internadas, mas CTI tem um paciente a menos

É comum escutar as pessoas falando nas ruas que “a pandemia acabou”, ou mesmo que “diminuiu”, mas os números mostram que a taxa de contágio está aumentando em Itaúna.
Sem campanhas de prevenção, a não ser alguns recados pelas redes sociais, as pessoas estão nas ruas, se aglomerando, sem usar máscaras e agindo como se nenhum risco corressem.
Em 31 de agosto tínhamos 2.334 notificações por suspeita de contágio, somadas ao longo de 6 meses. Em 15 dias de setembro foram registradas mais 1.180 notificações, elevando o total para 3.514. Assim, a média-dia no mês de setembro é de 78 notificações.

Do total de notificados por suspeita de contágio em Itaúna, até o momento, 2.868 pessoas já passaram pelo isolamento e/ou tiveram a suspeita descartada após exames.
Em 31 de agosto Itaúna havia somado, ao longo de 6 meses, 432 casos confirmados de Covid. Em 15 dias aumentamos esse total em mais 155 casos, o que dá uma média de 10.33/dia. Nesta terça-feira chegamos a 587, com 486 podendo ser considerados recuperados.
Também foi registrado aumento de mais de 28% no número de mortes causadas pela Covid. Começamos o mês com 7 casos, em 15 dias ampliamos para 9 (seriam 10, mas uma pessoa, um jovem de 17 anos que faleceu na cidade recentemente era morador de Contagem).

       


Portanto, A PANDEMIA NÃO ACABOU!


E os números recentes de Itaúna mostram que na nossa cidade está piorando e é preciso tomar cuidados.
Nos 28 casos registrados hoje, 14 pessoas são do sexo feminino e a mesma quantidade de pacientes do sexo masculino.

No Hospital continuam internados 14 pacientes, com uma leve alteração na proporção de internos no CTI em relação aos internos na Enfermaria.
No CTI estão 6 pacientes, sendo 4 moradores de Itaúna e 2 residentes em outras cidades. Na Enfermaria estão 8 pacientes, todos moradores em Itaúna.
Foi concedida alta médica para dois pacientes nesta terça-feira, sendo um morador de Itaúna e outro de outra cidade.

Uma mulher, de 32 anos morreu em Itaúna nesta terça-feira, conforme noticiamos mais cedo. Esta é a nona vítima, oficialmente, da doença na cidade, desde o início da pandemia.

 

Última modificação em Quinta, 17 Setembro 2020 11:10

Compartilhe esta notícia