Debate de questões públicas a portas fechadas

Por Publicado em:11/07/2019 | Atualizado em:11/07/2019 192

Secretário de Segurança Pública, empresários e autoridades do município participam de encontro no Hotel Granja Glória

Acontece na manhã desta quinta-feira, no Hotel Fazenda Granja Gloria, reunião organizada pelo CDE Itaúna e as entidades associadas (ACE Itaúna, CDL Itaúna, Sindicomércio, Sicoob Centro-Oeste, Sindimei e Aconita), na oportunidade será debatida a questão da segurança pública no município de Itaúna. Conforme informações apuradas pela reportagem, assuntos como a nova sede da Delegacia de Polícia Civil, a necessidade de mais delegados e policiais para a cidade, o presídio e ações que possam reforçar a segurança em Itaúna serão debatidos.

Para o encontro foram confirmadas as presenças do secretário de Estado da Segurança Pública, general Mário Araújo; do prefeito de Itaúna, Neider Moreira; do presidente da Câmara, Alexandre Campos; lideranças empresariais e demais autoridades itaunenses. Conforme consta do convite, após acontece almoço festivo em comemoração aos 50 anos da CDL Itaúna no restaurante do Hotel Fazenda.

PROTESTO – A imprensa foi convidada a cobrir o evento que será realizado a portas fechadas, com ressalvas. Para os jornalistas serão abertos 15 minutos, entre as 10h e 10h15, para fazer imagens de registro e, posterior ao encontro, previsto para se encerrar ao meio-dia, acontecerá meia hora de entrevista coletiva, quando os jornalistas tentarão adivinhar do que se tratou, para organizar as perguntas a serem feitas ou terão que “engolir”, as explicações” do secretário de Estado e “dos representantes” e ou representante das entidades que representam os comerciantes em Itaúna. 

A FOLHA divulga o fato, cumprindo assim a sua função de noticiar fatos que envolvem o interesse da comunidade, sem abrir mão do protesto. Assuntos públicos sobre a cidade de Itaúna não podem ser debatidos a portas fechadas. Segurança pública é tema do interesse de toda a população itaunense e não é possível, nem democrático, muito menos respeitoso para com a imprensa e a população em geral que não se tenha acesso ao que foi tratado. Desta forma, o que for decidido a portas fechadas pode não representar os interesses da comunidade, principal interessada no tema.

 

Última modificação em Quinta, 11 Julho 2019 11:34

Compartilhe esta notícia