Coluna do América

Por Publicado em:05/07/2019 | Atualizado em:05/07/2019 232

O Coelho fez um amistoso preparando-se para a sua volta ao Campeonato Brasileiro, no dia 13 de julho, e a disputa foi digna de ser registrada. Venceu o Cruzeiro por 2 a 1 em jogo-treino realizado na manhã da segunda-feira, 1º de julho. Foi na Toca da Raposa e o jogo foi disputado em dois tempos de 50 minutos. Naturalmente os treinadores iniciaram o duelo com as escalações consideradas titulares neste momento. No América, Barbieri iniciou com Michel Bastos de armador e colocou três atacantes, sem um centroavante fixo. Na defesa, o lateral-direito Diego Ferreira e o Lima foram as novidades.

E no duelo entre as equipes titulares, quem se deu melhor foi o nosso Coelho. Logo no início do jogo-treino, Rafael Bilu abriu o placar com um belo chute no ângulo do gol defendido por Fábio. Mesmo em vantagem no placar, o Coelho seguiu sendo o mais perigoso, apesar de o Cruzeiro ter permanecido mais no campo de ataque. O primeiro tempo terminou com a vantagem mínima para o América. Para a segunda etapa, os times voltaram diferentes. Barbieri promoveu duas alterações no início: Juninho e Matheusinho nos lugares de William Maranhão e Jonatas Belusso. No entanto, com cerca de 20 minutos, já havia mudado toda a escalação.

A tônica do segundo tempo foi praticamente a mesma, e o Cruzeiro ofereceu pouquíssimo perigo ao gol americano. O placar foi ampliado pelo Coelho com Marcelo Toscano (não fez nenhum gol ainda na segundona) e, já no finalzinho, Raniel diminuiu de pênalti, dando números finais ao jogo-treino: 2 a 1 para o América.

Sei que não valeu nada, mas qualquer vitória contra os azuis, na carência de vitória que o meu time anda, deve ser registrada. Neste sábado, o Coelho enfrenta o Atlético-MG na Cidade do Galo em outro jogo treino. Abraço Verde

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Sexta, 05 Julho 2019 17:58

Compartilhe esta notícia