Equipe Folha -

Equipe Folha -

Roubou ferramentas, som, “Fandango” e “Sensação” em pouco mais de uma hora

Caso pode estar relacionado à disputa do tráfico. Primeiro homicídio do ano pode ter relação com o caso

Uma pistola 9mm, 6 munições e 44 porções de cocaína foram apreendidas em uma casa no Bairro Aeroporto II

Caminhonete roubada no Morada Nova foi encontrada pela polícia no Santa Edwiges

Suspeito de ser o autor dos disparos já tem prisão pedida e está foragido

Na manhã de ontem, sexta-feira, 17, a provedora da Casa de Caridade, Marilda Chaves, afirmou à reportagem da FOLHA que “as providências finais estão sendo tomadas para que nos primeiros dias de fevereiro tudo esteja acertado para o Centro Oncológico do Hospital Manoel Gonçalves entrar em funcionamento”. Os funcionários que vão atuar no serviço já estão sendo treinados e a equipe médica acerta os últimos detalhes para iniciar o atendimento.

Segundo Marilda Chaves, “na semana que vem já devemos anunciar a data de inauguração para que possamos iniciar os trabalhos no Centro. Faltam apenas pequenos detalhes como alguns pequenos reparos e o OK da Vigilância Sanitária, para que tudo possa estar funcionando normalmente”, arrematou. Como a FOLHA já informou, o recurso para que o Centro Oncológico funcione foi finalmente liberado pelo Governo Federal e já está à disposição do Hospital em montante superior a R$ 400 mil mensais.

O Centro foi construído com a participação de várias lideranças municipais e de segmentos da sociedade itaunense, com destaque para a AVACCI, que possibilitou equipar o local, além do trabalho de toda a equipe do Hospital, capitaneada pelo Conselho de Curadores. O sonho de funcionar a Oncologia em Itaúna está próximo, como afirmou um cidadão à reportagem. “Falta apenas marcar a data!”

Atraso nos repasses nos últimos três meses provocou movimento