DINHEIRO EXTRA - Mais de R$ 7 milhões no caixa da Prefeitura

Por Publicado em:10/01/2020 | Atualizado em:10/01/2020 140

Depois de um período considerado de “vacas magras”, Município recebe mais de R$ 7 milhões em dinheiro extra nos primeiros meses do ano

O ano de 2020 começou bem para a administração municipal no que se refere à entrada de dinheiro no caixa. Isto porque está prevista a entrada de mais de R$ 6 milhões em “dinheiro extra” nos cofres do Município, além o reforço que representa a arrecadação com o IPVA nos primeiros meses do ano. Além dos já anunciados financiamentos que a Câmara liberou e que podem ser efetivados neste início de ano, no último dia de 2019 o governo federal anunciou a liberação do dinheiro do pré-sal para os municípios. Com essa liberação, chegaram aos cofres da Prefeitura de Itaúna cerca de R$ 2,3 milhões.

Na quarta-feira, 8, o Governo do Estado é que foi o portador da boa notícia. O governador Zema anunciou que vai pagar a primeira parcela da dívida com os municípios, formada a partir das retenções de recursos acontecidas na administração de Pimentel e nos primeiros meses do atual governo. Conforme acordo feito com os municípios, os valores retidos pelo atual governo serão pagos em três parcelas (janeiro, fevereiro e março).

Segundo levantamento divulgado anteriormente, Itaúna deve receber cerca de R$ 5 milhões. Assim, somados aos mais de R$ 2 milhões do pré-sal, devem ultrapassar R$ 7 milhões nos três primeiros meses de 2020, fora a arrecadação previsto com o IPVA. Com esse “reforço”, a expectativa é de que as contas sejam colocadas em dia. E a partir de abril o governo do Estado deve iniciar o pagamento dos valores retidos durante o governo do petista Fernando Pimentel, em 30 parcelas. Itaúna, conforme já informado, deverá receber cerca de R$ 800 mil em cada uma dessas parcelas, o que dá mais cerca de R$ 7,2 milhões neste ano.

Última modificação em Sexta, 10 Janeiro 2020 16:48

Compartilhe esta notícia