IPVA 2019 - Saiba quanto e quando pagar

Por Publicado em:08/12/2018 | Atualizado em:29/11/-0001 177

A escala para o pagamento de IPVA já foi divulgada pelo Governo do Estado e os contribuintes já podem fazer a consulta no link ipva1.fazenda.mg.gov.br/ipvaonline/ e até mesmo quitar o débito, já que é possível emitir a guia de arrecadação

A escala para o pagamento de IPVA já foi divulgada pelo Governo do Estado e os contribuintes já podem fazer a consulta no link ipva1.fazenda.mg.gov.br/ipvaonline/ e até mesmo quitar o débito, já que é possível emitir a guia de arrecadação. Para pagamento à vista será concedido desconto de 3%. Também terá desconto de 3% quem manteve o pagamento em dia nos anos de 2017 e 2018, que já será concedido na própria guia de arrecadação. Para quem for parcelar o pagamento em três vezes, a escala é a seguinte: placas com finais 1 e 2, parcelas vencem em 14/01, 14/02 e 14/03; finais 3 e 4, parcelas vencem em 15/01, 15/02 e 15/03. Para veículos com placas de finais 5 e 6 o vencimento das parcelas se dá em 16/01, 18/02 e 18/03. Para os finais 7 e 8 o vencimento das parcelas será em 17/01, 19/02 e 19/03. E, finalmente, para veículos com placas de final 9 e 0 as parcelas vencem em 18/01, 20/02 e 20/03.

Além do IPVA os proprietários de veículos devem quitar a Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículo (TRLAV), no valor de R$ 102,41 e vencimento em 1º de Abril. Para a consulta é necessário ter o número do RENAVAM. Segundo a Secretaria da Fazenda, houve queda da ordem de 3,17% na base de cálculo adotada.

Expectativa de R$15 milhões de arrecadação em 2019

Itaúna tem um total de 50.685 veículos registrados, até 19 de outubro, conforme informações do DETRAN. Destes, 30.921 são automóveis. Em seguida vêm às motocicletas que somam 11.981; caminhonetes, 5.093; caminhões 2.182 e motorcasa , 8. Tem ainda 500 ônibus. Todos estes veículos possibilitam uma arrecadação total de R$ 30.293.299,50. Como o município fica com cerca de 50% deste total, a expectativa é de um total de R$ 15 milhões de receitas provenientes do IPVA. Isto, se todos os proprietários pagarem o imposto em dia. No ano passado foram arrecadados R$ 28.733.030,21, ficando cerca de R$ 14 milhões com o município.

Conforme o DETRAN-MG, ainda serão acrescidos veículos registrados após 19 de outubro. Também informa o órgão que a Resolução 661/2017 do Contran determina que “os veículos com mais de 25 anos de fabricação e 10 anos ou mais sem emissão de CRLV sejam removidos da frota ativa do Estado, passando a fazer parte do cadastro de ‘frota desativada’”. Proprietários com veículos nesta condição devem procurar o DETRAN para regularização da situação, sob pena de terem seus veículos “baixados” definitivamente em 2023. As guias para esta regularização já estão disponíveis na internet.

Compartilhe esta notícia