DENGUE - Itaúna tem 7 casos prováveis

Por Publicado em:28/05/2021 | Atualizado em:28/05/2021 60

Região Centro-Oeste registra mais de mil incidências, com Lagoa da Prata novamente sendo o destaque negativo

A Regional de Saúde de Divinópolis divulgou um novo boletim epidemiológico contendo os dados levantados na região no período de 1º de janeiro até o dia 11 e maio, apontando que mais de mil casos prováveis de Dengue foram registrados, com destaque para Lagoa da Prata, que ostenta o primeiro lugar já há algum tempo, e tem 275 casos anotados. Itaúna tem 7 destes casos prováveis na região, porém as autoridades de saúde alertam para a necessidade de continuar combatendo o mosquito Aedes aegypti que, além da Dengue, transmite Zika, Chikungunnya e Febre Amarela.
Os cuidados em não deixar água empoçada devem ser mantidos e até ampliados. O número de focos registrados a cada LIRAa (Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti) demonstra que os focos no interior das residências são os mais constantes, seguidos daqueles encontrados nos quitais dos imóveis. Assim é preciso redobrar o cuidado para eliminar os possíveis focos e ficar livre dos riscos. Itaúna também registrou, no boletim, 5 casos prováveis de Chikungunnya e 1 de Zika, no mesmo período.

Última modificação em Sexta, 28 Mai 2021 17:37

Compartilhe esta notícia