“Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” é a regra do Minas Consciente?

Por Publicado em:04/06/2021 | Atualizado em:29/11/-0001 155
“Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” é a regra do Minas Consciente? Imagens enviadas por leitores

Enquanto prática de esportes coletivos e funcionamento de academias locais estão proibidos, time de futebol de São José da Lapa treina e vai jogar em Itaúna neste sábado. Mau exemplo com amparo “legal”...

Você conhece São José da Lapa? Pois trata-se de um município mineiro, localizado na vizinhança dos municípios de Vespasiano e Confins, com pouco mais de 23 mil habitantes. E o que Itaúna e os itaunenses tem a ver com isso?

É que lá está sediada uma equipe de futebol, que em 2019 esteve sediada em Itaúna, chamada Inter de Minas, no momento disputando o Campeonato Mineiro de Futebol Sub-20. E que definiu o Estádio José Flávio de Carvalho como local onde mandará seus jogos.

O problema nisso tudo é que Itaúna está na macrorregião Oeste e São José da Lapa na macrorregião Centro. Na Oeste, a situação da pandemia é mais grave que na Centro. E, com isso, os técnicos do Minas Consciente decidiram que nos municípios da macrorregião Oeste, estarão proibidos eventos e deverão estar fechados “clubes, academias de ginásticas” e outros.

O Município de Itaúna, devido ao agravamento da situação, determinou que a partir do dia 2 de junho está proibida a prática de esportes coletivos (futebol, por exemplo), não profissionais.

Mas o problema é que para o pessoal de São José da Lapa, não há esta proibição – mesmo que a prática do esporte coletivo seja em Itaúna. Isso mesmo!

Pelo menos é o que aconteceu nesta sexta-feira, dia 4, quando os atletas do Inter de Minas fizeram treinamento no Estádio José Flávio de Carvalho – e além dos atletas, várias crianças que, a princípio os acompanhavam, puderam bater uma bolinha no Zé Flávio.

“Para os itaunenses está proibido. Para os atletas do Inter de Minas, não?”, “atleta profissional (se este é o caso) não pega nem transmite o vírus?”, são alguns dos questionamentos de leitores que, ao notarem as atividades no Estádio José Flávio, enviaram à reportagem, já que a Prefeitura só retorna à ativa na segunda-feira, lembraram, devido ao ponto facultativo desta sexta-feira.

Isso, sem falar na pergunta sobre “quem está pagando as despesas para utilização do estádio”, que foi aberto hoje para os treinos e será aberto amanhã, para a partida marcada para as 10 horas, entre o Inter, de São José da Lapa, e o Minas Boca, de Betim.

Concluindo, a reportagem apurou ainda que o time de São José da Lapa “tem autorização do Governo do Estado, para atuar, por estar disputando o Campeonato Mineiro de Futebol Sub-20”. Sobre a questão municipal, não foi possível apurar, apenas que o estádio foi aberto sob ordens da Secretaria de Esportes de Itaúna.

Como disse um cidadão: “com autorização oficial, aí pode? Será que o vírus respeita isso?” Ficam os questionamentos a serem respondidos, quando possível...

Compartilhe esta notícia