CENTENÁRIO - Oscar Corrêa é homenageado no Plenário do Supremo

Por Publicado em:08/10/2021 | Atualizado em:29/11/-0001 43
CENTENÁRIO - Oscar Corrêa é homenageado no Plenário do Supremo Foto: Divulgação/STJ

Ministro Dias Toffoli discursou sob observação do ministro Humberto Martins e inalteceu o itaunense

O itaunense Oscar Dias Corrêa continua recebendo homenagens pela sua história construída com muito destaque. No último dia 30 de setembro, a homenagem foi no Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), quando o ministro Dias Toffoli discursou destacando a vida de Oscar Dias Corrêa, que completou o centenário de nascimento em 1º de fevereiro deste ano. A sessão extraordinária do Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), contou com a participação, à distância, do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins. O presidente do STJ destacou o “legado jurídico e humanístico, que permanecerá vivo para sempre na história do Brasil”, de Oscar Dias Corrêa, que se aposentou do STF em 1989 e morreu em 30 de novembro de 2005.

Na sua fala, o ministro Humberto Martins disse ainda que “o ministro Oscar Dias Corrêa, por sua sensibilidade de julgador, sua posição como humanista e seu notável saber jurídico, contribuiu para a concretização de uma sociedade mais justa, fraterna e solidária”. O orador da cerimônia semipresencial foi o ministro Dias Toffoli, que ocupa na Suprema Corte a cadeira que foi do homenageado. Em seu discurso, Toffoli enalteceu a trajetória de Oscar Dias Corrêa nos diferentes cargos que ocupou nos três poderes da República. “Esse brilhante magistrado, jurista e humanista empregou sua imensa cultura e conhecimento jurídico, além de vasta experiência como homem público, em votos extremamente técnicos, mas sempre atentos à realidade brasileira”, disse Dias Toffoli.

Além de ministros do STF em atividade e aposentados, participaram da solenidade a ministra do STJ Isabel Gallotti; a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Maria Cristina Peduzzi; o procurador-geral da República, Augusto Aras; e o advogado-geral da União, Bruno Bianco. Nascido em Itaúna (MG), em 1º de fevereiro de 1921, Oscar Dias Corrêa atuou como ministro do STF de 1982 a 1989. Entre outros cargos públicos, foi deputado estadual e federal por Minas Gerais, ministro da Justiça do governo José Sarney e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Também integrou a Academia Brasileira de Letras. (fonte: site do STJ)

Compartilhe esta notícia