OPERAÇÃO PREVENTIVA -Delegacias da região vão agir em conjunto para combater roubo de gado

Por Publicado em:29/11/2019 | Atualizado em:29/11/2019 302

Neste ano foram registrados 6 casos em Itaúna e 2 em Itatiaiuçu além de vários outros na região

Operação que busca combater o furto e roubo de gado na região foi iniciado a partir de reunião com moradores da zona rural, sindicalistas e representantes das polícias Civil e Militar, na semana passada. Os trabalhos programados serão possíveis após a chegada de quatro investigadores para a Delegacia de Polícia Civil de Itaúna e mais um para a Delegacia de Polícia Civil de Itatiaiuçu, que é integrada à de Itaúna. Levantamento dos furtos e roubos de gado da região já foi realizado e agora são estudados junto aos moradores da zona rural, através do sindicato da categoria, meios de combater os crimes. Umas das alternativas apresentadas foi a “chipagem” do gado, com uma possível criação de uma central de monitoramento dos rebanhos. Cada chip tem custo médio de R$ 70 e está sendo estudada maneira de reduzir esses valores.

Em Itaúna foram identificadas três quadrilhas que estão baseadas na cidade e contam com a participação de uma média de 15 pessoas em cada uma, para o furto e roubo de gado. Matadouros, transportadores de carga viva e outros meios, que de alguma forma estão ligados à produção bovina, estão sendo investigados e cadastrados, a fim de se combater os crimes. Segundo o delegado Jorge Melo, titular da Delegacia de Itaúna, esse trabalho junto à comunidade rural tende a ser permanente, uma vez que os criadores representam cerca de 20% da população itaunense.

De acordo com os dados apurados até 31 de outubro deste ano em Itaúna, foram 6 casos registrados; na cidade de Claudio, 4 casos; em Divinópolis, 3 casos; e nas cidades de Carmo Cajuru e Itatiaiuçu foram registrados 2 casos em cada uma. Na região foram totalizados 17 casos. Jorge Melo ainda informou que pela Delegacia Regional de Divinópolis, que abrange mais de 50 municípios, foram mais de 100 registros de crimes desta natureza.

Ampliação na investigação de outros crimes

Na oportunidade o delegado Jorge Melo destacou que, com a chegada dos novos investigadores, será possível montar equipes para realizar um estudo mais aprofundado dos crimes que vêm acontecendo em Itaúna e Itatiaiuçu. “O intuito agora é desmantelar organizações criminosas, combater crimes como de homicídio, furtos e roubos”, disse o delegado. E adiantou que esse tipo de ação possibilitou a identificação de uma quadrilha do Bairro Novo Horizonte que atuava no furto de veículos na cidade, principalmente de motocicletas. Foram integrados à equipe da Polícia Civil de Itaúna, 4 novos investigadores, além de mais dois que chegaram por meio de transferência de outras localidades.

Última modificação em Sexta, 29 Novembro 2019 18:00

Compartilhe esta notícia