Pânico na Zona Rural - Áudios e imagens nas redes sociais são “fakes”

Por Publicado em:21/11/2020 | Atualizado em:20/11/2020 143

Polícia nega que ações de violência de ex-presidiário estejam ocorrendo

Alguns áudios e até mesmos imagens de ações violentas têm sido divulgadas nas redes sociais, nos últimos dias, acusando um ex-presidiário de ser o autor das ações, após ter saído do presídio. O fato gerou pânico em várias pessoas e a PM se viu obrigada a intervir, divulgando comunicado desmentindo os fatos. Conforme o comando local da PM, nenhuma ocorrência foi registrada nesse sentido e que o citado elemento tem sido mencionado e abordado “por seu histórico criminal” e nada foi constatado até então.
O comunicado assinado pelo comandante da 51ª Cia. PM, major Alexsandro César de Souza, com data do dia 17, terça-feira, diz que “sobre as informações de referência que vêm sendo divulgadas, esclareço que o indivíduo denunciado saiu do presídio no ano corrente, após cumprimento de pena por condenação por crimes contra o patrimônio, estando em dia com a Justiça. Esclareço ainda que, desde que saiu em liberdade até a presente data, a PMMG não possui nenhum registro que relate novo delito, em Itaúna, pelo citado indivíduo. Acrescento que, por seu histórico criminal, vem sendo submetido às abordagens policiais tanto na zona urbana quanto na rural. Contudo, não foi flagrado em nenhuma prática delituosa. Apesar da grande propagação dos áudios, imputando a ele algumas ações criminosas, reforço que possíveis vítimas ainda não se manifestaram para registro formal de boletim de ocorrência junto a Polícia Militar”.
E concluiu o comunicado da PM alertando para os seguintes fatos: “evite o compartilhamento de informações que não tenha confirmação junto a uma fonte segura, para não gerar medo e insegurança em nossa comunidade; se conhecer algum fato real e puder, oriente a vítima para fazer contato diretamente com a PMMG, para acionamento da Patrulha Rural, a qual dará atenção especial ao caso; se tiver alguma informação real que possa auxiliar a PMMG, denuncie junto ao Disque-Denúncia Unificado (DDU 181), acione o 190, ou manifeste diretamente a uma equipe policial, no quartel da PMMG ou na delegacia de Polícia Civil”.

Última modificação em Sexta, 20 Novembro 2020 16:35

Compartilhe esta notícia


Warning: preg_match(): Unknown modifier '/' in /home/storage/d/52/6b/folhapovoitauna1/public_html/plugins/system/cache/cache.php on line 217