Vereadores rejeitam denúncia contra prefeito

Por Publicado em:29/11/2019 | Atualizado em:29/11/2019 338

A vereadora Otacília Barbosa entrou com denúncia contra Neider Moreira na Câmara, pedindo a instauração de processo de cassação do prefeito sob a alegação de atraso ou protelação na publicação do decreto legislativo sustando o aumento da passagem. Disse a vereadora que a população ficou no prejuízo, pagando R$ 4 por mais de uma semana devido ao atraso na publicação. 

O procurador-geral da Prefeitura, Helimar Parreiras, encaminhou ofício à Câmara contestando a denúncia de Otacília, alegando que a publicação respeitou a legislação e aconteceu dentro do prazo estipulado, informando datas da tramitação do decreto na Prefeitura, até sua publicação. Quanto à ação da vereadora, Helimar afirmou que Otacília “tenta criar factoides políticos e causar transtornos à administração”. 

O presidente da Mesa colocou o pedido da vereadora em votação para que o plenário decidisse se aceitaria ou não a denúncia, para que fosse instaurado processo de cassação do prefeito. Foram excluídos da votação o presidente da Câmara, a denunciante e o vereador Alex Artur, ausente por motivos de saúde. A proposta foi rejeitada por 8 votos contra 4 e 2 abstenções. 

Votaram contra o pedido os edis Anselmo Fabiano, Lucinho de Santanense, Silvano Gomes, Gleisinho, Antônio Da Lua, Lacimar “Três”, Giordane Alberto e Hudson Bernardes. Pela aceitação da denúncia votaram Iago Pranchana, Márcia Cristina, Tõezinho e Joel Arruda. Se abstiveram de votar Marcinho Hakuna e Gláucia Santiago.

Última modificação em Sexta, 29 Novembro 2019 18:25

Compartilhe esta notícia