Otacília entrou com processo contra Pranchana

Por Publicado em:15/12/2018 | Atualizado em:29/11/-0001 171

Gláucia Santiago também cobra explicações na Justiça. Prefeito pode ser questionado judicialmente

Depois do imbróglio causado pela gravação feita por Iago Souza (Pranchana Jack) em que o também vereador Alex Arthur faz proposta de compra de voto na eleição da Mesa da Câmara, começaram a surgir as ações judiciais que devem acontecer em torno do assunto. Gláucia Santiago e Otacília Barbosa anunciaram, ainda na reunião de terça-feira, que vão “buscar reparação” na Justiça, já que se sentiram prejudicadas pelas afirmações feitas nas gravações. Gláucia chegou a dizer que “nem que isso seja a última coisa que eu faça aqui, mas vou provar que estão mentindo quando usam meu nome”. Já Otacília aponta em direção a Iago e também pode denunciar o prefeito Neider Moreira, por entender que o mesmo está interferindo diretamente no pleito. Na tarde de ontem, sexta-feira, Otacília deu entrada com uma queixa-crime contra o vereador Iago Souza, o Pranchana, alegando que as declarações prestadas à Polícia Civil, em Divinópolis, sobre ela são falsas. Iago teria afirmado no inquérito que Otacília se ofereceu para fazer a sua defesa em processo de cassação que sofre por ter mudado de partido fora do prazo. Essa proposta teria sido realizada em troca do voto. Otacília afirmou categoricamente que não conversou com Pranchana sobre esse tema. Lequinho também deve processar Iago por gravação ilegal da conversa (sem autorização do envolvido) e que Pranchana preparou “uma armadilha” para ele, já que entrou m contato convidando-o a comparecer a sua casa.  Iago deve também ser denunciado à Comissão de Ética da Câmara, conforme apuração de bastidores.

Compartilhe esta notícia