Otacília tem direitos restabelecidos

Por Publicado em:04/07/2019 | Atualizado em:04/07/2019 373

 

A juíza da Primeira Vara Cível de Itaúna, Solange Maria de Lima Oliveira, mandou suspender os atos do Município contra a servidora e vereadora, Otacília Barbosa, restabelecendo-lhe os direitos de permanecer exercendo as funções de procuradora e vereadora. A decisão foi publicada na quarta-feira, 3. Conforme comunicado divulgado pela vereadora nas redes sociais, a decisão se deu por constar nos atos “indícios de perseguição política”, contra a mesma por parte do prefeito.

Recentemente a Prefeitura publicou decisão no Jornal Oficial do Município em que Otacília Barbosa deveria optar por um dos cargos, visto que havia entendimento da Procuradoria Jurídica do Município de que a mesma não poderia acumular os dois cargos (Vereadora e Procuradora).

Última modificação em Quinta, 04 Julho 2019 18:44

Compartilhe esta notícia