Sindijori 18/09

Por Publicado em:18/09/2019 | Atualizado em:29/11/-0001 146

Gabinete de crise é criado para a água

            A Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor instaurou um procedimento preliminar para investigar a real situação hídrica de Uberlândia e criar um gabinete de crise para adoção de medidas de consumo responsável de água diante ao extenso período de estiagem. A investigação foi iniciada a partir de uma representação protocolada no Ministério Público Estadual (MPE), pelo professor da Universidade Federal Uberlândia (UFU) Eduardo Macedo de Oliveira, e de reclamações de consumidores que alegaram falta de água no último fim de semana, principalmente na zona leste da cidade. O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) informou que a situação é mais crítica do que em 2014 (Diário de Uberlândia)

 

Divinópolis faz "Feira da Empregabilidade"

Uma longa fila que se formou na última terça-feira na porta do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). É que foi realizada a quarta edição da "Feira da Empregabilidade", com participação de 23 grandes empresas de Divinópolis, oferecendo 330 oportunidades, em diversos setores. A feira em 2019 veio com novidades. A reportagem conversou com o diretor de escola da unidade de Divinópolis, Alexandre Carvalho. Ele destacou a importância das oficinas, ministradas pela primeira vez neste ano. "Foi a primeira vez que colocamos a necessidade de os candidatos participarem de uma oficina. Na oportunidade, as pessoas conheceram as empresas e as vagas. Isso nos trouxe uma possibilidade de ter um evento com mais qualidade, mais organizado e candidatos preparados", avaliou. (Jornal Agora - Divinópolis)

 

 Programa de reforço escolar atende 2 mil

            Mais de 114 mil alunos da rede estadual de ensino de Minas Gerais vão ter a possibilidade de participar de aulas de reforço escolar, a partir da próxima segunda-feira, 23. A iniciativa, que dura até o final do mês de novembro, vai estar presente em mais de 1.600 escolas em todas as Superintendências Regionais de Ensino. Em Juiz de Fora, 23 instituições vão iniciar o programa e 1.920 estudantes vão ter a possibilidade de participar. Para a Secretaria de Estado de Educação, o objetivo é apoiar alunos que necessitam de auxílio para alavancar seus estudos e recuperar as notas. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

 

Fogo consome mais 20 ha da Serra do Mel

            O fogo que castiga a Serra do Mel, em Montes Claros, desde às 5h de domingo, 14, consumiu na noite de segunda-feira e na madrugada de terça-feira mais 20 hectares de área protegida e tombada pelo Patrimônio Histórico de Montes Claros. Ao todo já são 64 hectares consumidos pelo incêndio. O monitoramento apontou que as chamas ainda resistiam a 300 metros da comunidade de Palmito e a pouco mais de um quilômetro do Parque Estadual da Lapa Grande. Às 6h10 desta terça-feira, equipe do 7º Batalhão de Bombeiros Militar chegou à Serra do Mel, onde na noite anterior a força dos ventos e o terreno acidentado dificultaram a ação de voluntários da Brigada 1 e brigadistas do Parque Estadual da Lapa Grande. (Jornal O Norte- Montes Claros)

 

São João Del Rei terá mapas afetivos

            Durante o mês de setembro São João del-Rei vai receber novas galerias a céu aberto, em mais uma ação realizada pelo Fórum de Arte Urbana das Vertentes - FAUV. O objetivo do projeto é expor o trabalho de artistas são-joanenses com ênfase na arte urbana. A iniciativa surgiu a partir do 1° Fórum de Arte Urbana, realizado entre os dias 29 e 31 de agosto, no campus Dom Bosco da UFSJ, com o apoio de estudantes, professores, pesquisadores e artistas de várias regiões. O objetivo do FAUV é ser uma plataforma organizativa que promova a reflexão e a intervenção criativa entre a arte e a cidade. (Gazeta de São João Del Rei)

 

Obra de presídio é retomada

            Mais 306 vagas devem incrementar o Sistema Prisional mineiro, até o fim do primeiro semestre do próximo ano, com a finalização das obras do Anexo do Presídio de Alfenas, no Sul de Minas. A ordem de serviço para retomada das atividades nos canteiros foi assinada na segunda-feira, 16, em mais um esforço do Governo de Minas para diminuir a superlotação do sistema prisional - uma realidade em todo o país. O Estado conseguiu a liberação dos cerca de R$ 4 milhões necessários para a conclusão das obras que estavam paralisadas desde 2017. Os recursos são oriundos do Ministério da Justiça e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com contrapartida do governo estadual. (Folha Regional- Muzambinho)

 

Projeto visa fomentar a cultura

            Opção Cultura é um projeto que visa fomentar a cultura em Leopoldina. Idealizado na disciplina Produção Cultural e Empreendedorismo, que consta no plano curricular,  será produzido pelos formandos do Curso Técnico em Música do Conservatório Estadual de Música "Lia Salgado", sob a supervisão da professora Filomena Toledo. A primeira edição do evento será realizada de 18 a 21 de setembro. A abertura será no dia 18 de setembro às 18h, no Conservatório Estadual de Música "Lia Salgado", com a exposição fotográfica "Patrimônio, um lugar de afeto". A historiadora Amanda Almeida dará continuidade à abertura com a palestra "Patrimônio Histórico e Cultural de Leopoldina". (Jornal Leopoldinense- Leopoldina)

Avalie este item
(0 votos)