Sindijori 04-08

Por Publicado em:04/08/2020 | Atualizado em:29/11/-0001 81

Pandemia reduz preço de combustíveis

Um dos produtos que sofreram maior impacto com a pandemia, os combustíveis nem sempre tiveram aumento nos preços já que, com a demanda mais baixa por causa das medidas de isolamento social, os proprietários de veículos gastaram menos. Com isso, houve diminuição da demanda e aumento da oferta. Pesquisas feitas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) entre 5 de janeiro e 25 de julho em postos de Uberlândia mostram uma retração média no preço da gasolina de 11,5%, passando de R$ 4,941 para R$ 4,375, enquanto o etanol caiu 12,5%, variando de R$ 3,275 para R$ 2,869 e o diesel quase 13%, de R$ 3,904 para R$ 3,406. (Diário de Uberlândia)

Poços e Águas assinam carta de intenção

Uma nova tentativa de reativação do passeio turístico via linha férrea entre Águas da Prata e Poços de Caldas aconteceu nesta segunda-feira, 3, conforme divulgado na divulgação no Facebook da prefeitura da cidade vizinha. No passado, várias tentativas já foram feitas por ambas as cidades, sem resultado. Desta vez, o objetivo tem mais chances de ser alcançado, pois, de acordo com representantes poços-caldenses, o interesse partiu do governo estadual mineiro, que teria procurado autoridades de Poços de Caldas para discutir a questão. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas)

Uniube conquista patente

A Uniube, por meio do curso de Odontologia (graduação e pós-graduação) e do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), recebeu a concessão da patente do "jacarezinho", um revestimento em polímero, feito para crianças, com o objetivo de descaracterizar a forma de injeção da seringa anestésica e impedir a visualização da agulha. A certificação, recebida após 11 anos, reforça o papel da Universidade na geração de inovações tecnológicas. A ideia do projeto surgiu entre uma conversa da coordenadora do curso de especialização em Odontopediatria da Uniube, Maria Angélica Hueb, com o irmão, também cirurgião-dentista e professor na Universidade, Fernando Hueb. (Jornal de Uberaba)

Caratinga fecha 74 vagas de trabalho

A economia de Caratinga fechou 74 vagas de trabalho com carteira assinada no primeiro semestre de 2020. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia. No semestre foram registrados 3.699 desligamentos e 3.625 admissões, o que resultou no saldo negativo de empregos com carteira assinada. Considerando exclusivamente o mês de junho, foram fechadas 26 vagas de emprego formal. Em maio foram 13. Em abril, pior mês do ano até o momento, foram fechadas 295 vagas. (Diário de Caratinga)

Projeto "Banco de Ração" é criado

Unindo esforços ao vereador Matheus Costa que protocolou propostas para criação de uma Comissão e um Conselho de Proteção e Bem-estar animal em Divinópolis, o vereador Carlos Eduardo Magalhães protocolou o projeto "Banco de Ração" que cria um programa que administra, recebe e distribui doações de rações diretamente ou por meio de entidades.  A proposta tem como base a questão do abandono e da proliferação de animais nas ruas e espaços públicos da cidade, o que acarreta no resgate de muitos deles por protetores independentes e organizações não governamentais que arcam com o custo até a adoção definitiva dos bichos. (Gazeta do Oeste- Divinópolis)

Guarda municipal recebe infraestrutura

Utilizando-se de recursos tecnológicos, a Prefeitura de Ouro Preto tem desenvolvido ações que contribuem para desburocratização e melhoria na qualidade dos serviços prestados à população. Cumprindo o projeto de modernização de fluxos e processos em todas as Pastas do Executivo, a equipe da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) da Prefeitura está informatizando a Guarda Municipal de Ouro Preto através de um sistema de gestão de Boletim de Ocorrência. (Jornal O Liberal Net- Itabirito)

Caldas fecha e determina toque de recolher

A Prefeitura de Caldas publicou um novo Decreto proibindo o funcionamento de atividades não essenciais na cidade. De acordo com a administração municipal, a medida foi tomada após um óbito entrar em investigação por suspeita de Covid-19. Caso confirmada, essa vai ser a primeira morte em decorrência da doença no município. A prefeitura determinou também novo toque de recolher na cidade. Ficando definido que, das 21h às 5h do dia seguinte todos devem permanecer em casa, exceto funcionários e colaboradores dos serviços considerados essenciais. (Correio do Sul- Varginha)

 

Respiradores produzidos pela Tacom, com apoio da FIEMG, são homologados pela Anvisa 

Uma boa notícia para o combate à Covid-19: os respiradores produzidos pela empresa de soluções tecnológicas Tacom, com apoio da FIEMG, foram homologados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta segunda-feira, 3 de agosto. A partir de agora, eles poderão ser utilizados em hospitais em todo o país.

O equipamento começou a ser fabricado por meio do projeto "Inspirar", que desenvolveu tecnologia inédita para a fabricação de respiradores. Os ventiladores pulmonares chegam ao mercado com valores mais acessíveis do que os produtos semelhantes, além de serem mais fáceis de manusear. Marco Antônio Tonussi, diretor de Marketing e Mercado da Tacom - e Industrial do Ano 2020 pela FIEMG -, explicou que o desenvolvimento do ventilador contou com mão de obra multidisciplinar: médicos intensivistas, engenheiros, programadores e desenvolvedores. No início, o objetivo era fabricar entre 500 a 1000 respiradores. Agora, a partir da homologação da Anvisa, a produção vai aumentar significamente. "Vamos engrenar a produção e fazer com que os milhares de ventiladores produzidos cheguem o mais rápido possível a quem necessita", afirma Tonussi.

Além do apoio institucional para que o projeto "Inspirar" fosse adiante, a partir da próxima semana a FIEMG vai adquirir 1,5 mil respiradores e doá-los ao Governo de Minas Gerais para que sejam distribuídos em todo o estado. "Esta conquista importante mostra a força da união da indústria mineira, que, liderada pela Federação, viabilizou recursos para o projeto, além de comprovar também a capacidade empresarial que temos em agir e aprovar, em tempo recorde, um projeto que vai atender as demandas da nossa sociedade", pontua o Flávio Roscoe, presidente da entidade. Ele ressalta que, a partir de agora, os mineiros terão melhor estrutura para enfrentar a Covid-19, graças a uma ação coordenada com doações de industriais, com empresas que se envolveram no projeto e também do SENAI, que deu todo o apoio técnico.

Avalie este item
(0 votos)

Warning: preg_match(): Unknown modifier '/' in /home/storage/d/52/6b/folhapovoitauna1/public_html/plugins/system/cache/cache.php on line 217